Explosão em Bagdá após abertura de reunião árabe

A explosão ocorreu apesar das fortes medidas de segurança implementadas pelo governo iraquiano, que tem 100 mil membros das forças de segurança de prontidão em Bagdá

Bagdá – Uma explosão foi registrada nesta quinta-feira perto da embaixada do Irã, no centro de Bagdá, no momento em que começava a reunião de dirigentes árabes, a primeira no Iraque em 22 anos.

A explosão aconteceu no bairro de Salhiyeh, nas imediações da Zona Verde, a área ultraprotegida onde acontece a reunião, por volta das 13H40 local (07H40 de Brasília).

Enquanto uma coluna de fumaça era vista saindo do local do incidente, membros das forças de segurança, veículos militares e bombeiros se dirigiam à área atingida.

A explosão ocorreu apesar das fortes medidas de segurança implementadas pelo governo iraquiano, que tem 100 mil membros das forças de segurança de prontidão em Bagdá, e que efetivamente bloqueou a cidade, interditando faixas de estradas, fechando o espaço aéreo e cortando as linhas de telefones celulares.

Estas medidas entraram em vigor para a primeira reunião árabe realizada no Iraque em 22 anos, que teve início no antigo Palácio Republicano em Bagdá.