Exército iraquiano recupera cidade ao norte de Bagdá

Segundo testemunhas, Forças Armadas do Iraque reconquistaram a cidade após ataques persistentes de insurgentes islâmicos sunitas

Bagdá – As Forças Armadas do Iraque reconquistaram uma cidade a norte de Bagdá nesta sexta-feira, disseram testemunhas, após ataques persistentes de insurgentes islâmicos sunitas que controlam grandes partes do norte do Iraque.

As testemunhas na cidade de Dhuluiya, cerca de 70 quilômetros a norte de Bagdá, disseram que um comandante militar havia chegado à cidade. “Ele anunciou que Dhuluiya foi totalmente liberada”, disse uma testemunha, acrescentando que houve comemorações na cidade.

Dhuluiya faz parte de um cinturão de cidades sunitas ao norte de Bagdá onde o grupo radical sunita Estado Islâmico conseguiu assumir certo controle, em alguns casos com o apoio de milícias locais que não aceitam o governo iraquiano liderado pelos xiitas.

Mas em Dhuluiya propriamente dita, a influente tribo sunita al-Jubouri tem lutado contra os militantes, com o apoio de combatentes xiitas da cidade predominantemente xiita de Balad, do outro lado do leito do Rio Tigre.

Forças lideradas pelos Estados Unidos têm bombardeado alvos do Estado Islâmico no Iraque desde agosto, e o governo norte-americano ampliou a campanha para também incluir a Síria em um esforço para derrotar os militantes bem armados, que tomaram grandes porções de territórios sunitas no Iraque e na Síria.

Os EUA esperam que os ataques aéreos, realizados com ajuda de aliados europeus no Iraque e com forças aéreas de países árabes na Síria, permitam que o governo iraquiano e as forças curdas no país, e que os sunitas moderados da Síria, recuperem seus territórios.