Exército entra em último bairro do leste de Mosul nas mãos do EI

Militares iraquianos conseguiram libertar mais de 60% do bairro de Al Arabi, onde entraram ontem

Erbil – As forças do Exército do Iraque entraram no bairro de Al Rashidiya, o último distrito residencial do setor leste da cidade de Mosul, no norte do país, que estava sob o controle do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), informou nesta sexta-feira à Agência Efe uma fonte militar.

Um soldado iraquiano morreu e outros três ficaram feridos em Al Rashidiya depois que os extremistas enviaram três carros-bomba conduzidos por suicidas, embora as tropas tenham conseguido desarmá-los, disse o comandante das operações militares na província de Ninawa – cuja capital é Mosul -, o general Nayem al Jabouri.

Ele acrescentou que os militares iraquianos conseguiram, além disso, libertar mais de 60% do bairro de Al Arabi, vizinho a Al Rashidiya e situado na frente norte do setor oriental, onde entraram ontem.

Al Jabouri também detalhou que ainda continuam os confrontos em ambos os bairros entre as tropas e os jihadistas.

Um comandante das Forças Antiterroristas, Abdelwahab al Saadi, disse ontem à Efe que seus homens entraram no luxuoso Hotel Internacional de Ninawa, situado nas margens do rio Tigre, que atravessa a cidade de norte a sul e a divide em duas partes.

As forças iraquianas conjuntas – unidades do Exército, Polícia e órgãos de operações especiais – lançaram no dia 17 de outubro do ano passado uma grande ofensiva para recuperar o controle de todos os territórios que o EI ainda controlava no norte do Iraque, onde entrou em junho de 2014.