Ex-secretário de segurança dos EUA vai depor sobre caso russo

O depoimento, na próxima quarta-feira (21), será sobre as investigações de suposta interferência da Rússia nas eleições presidenciais do EUA

Washington – O ex-secretário de Segurança Interna dos Estados Unidos Jey Johnson vai depor em uma sessão aberta antes do comitê de inteligente da Câmara. O depoimento, na próxima quarta-feira (21), será sobre as investigações de suposta interferência da Rússia nas eleições presidenciais do EUA no ano passado.

Na semana passada, o democrata no Comitê de Inteligência da Câmara, Adam Schiff, disse que o Comitê iria pedir que Johnson testemunhasse sobre a interação que a administração do ex-presidente Barack Obama tinha com os secretários de Estado e os oficiais locais responsáveis pela eleição sobre os perigos que um ataque hacker da Rússia representaria para o sistema eleitoral.

O comitê de inteligência do Senado, que também está conduzindo uma investigação individual, conversou com Johnson sobre as atividades russas durante as eleições do ano passado nos EUA.

Por Associated Press