Ex-presidente israelense Moshe Katsav chega à prisão

Político cumprirá sete anos de pena por estupro e delitos sexuais contra três subalternas

Jerusalém – O ex-presidente israelense Moshe Katsav chegou nesta quarta-feira à prisão de Maasiahu, ao sul de Tel Aviv, onde cumprirá sete anos de pena por estupro e delitos sexuais contra três subalternas quando era titular da pasta de Turismo e chefe do Estado.

O ex-chefe do Estado cumprirá a condenação em um ala do centro penitenciário destinada a presos do setor religioso.

Horas antes, ao sair de sua casa, Katsav afirmou que o Estado estava condenando um inocente e que ‘algum dia os israelenses compreenderão que hoje foi enterrado um homem vivo’.