Ex-premiê romeno é internado após tentar suicídio

Adrian Nastase tirou em si próprio em uma aparente tentativa de suicídio horas após ter sido condenado à dois anos de prisão por corrupção

Bucareste – O ex-primeiro-ministro da Romênia, Adrian Nastase, que governou o país entre 2000 e 2004, atirou em si próprio em uma aparente tentativa de suicídio nesta quarta-feira, horas após o tribunal mais graduado do país determinar que ele cumprirá uma sentença de dois anos de prisão por corrupção, disse o atual primeiro-ministro romeno, Victor Ponta. Nastase foi o mais popular primeiro-ministro a governar a Romênia após a queda do comunismo em 1989.

“É a minha obrigação visitá-lo”, disse Ponta nesta quarta-feira, quando foi ao hospital onde Nastase foi internado na capital romena. “Eu não poderia ficar em casa sem ver o que estava acontecendo”, afirmou Ponta. O canal de notícias Antena 3 mostrou imagens de Nastase conduzido ao hospital em uma ambulância e coberto por um lençol branco.

Serban Bradisteanu, médico no hospital, disse que Nastase deverá ser operado ainda na quinta-feira após suas funções vitais terem se estabilizado. Nastase deverá comemorar 62 anos na sexta-feira. Ele insiste que o caso de corrupção é politicamente motivado e afirmou que levará a questão ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. O julgamento de Nastase durou oito anos. Ele foi sentenciado em 30 de março a dois anos de prisão por levantar ilegalmente recursos para uma campanha presidencial fracassada em 2004.

Alguns romenos comemoraram quando a Suprema Corte do país manteve a condenação, embora outros tenham afirmado que a decisão foi injusta.

As informações são da Associated Press.