Ex-ministro russo condenado por receber propina de US$ 2 mi

Alexey Ulyukaev foi declarado culpado por receber propina de US$ 2 milhões da Rosneft, a maior petrolífera do país

Moscou – Um tribunal de Moscou declarou, nesta sexta-feira, o ex-ministro da Economia da Rússia, Alexey Ulyukaev, culpado por receber propina de US$ 2 milhões da Rosneft, a maior petrolífera do país.

“O tribunal estabeleceu que Ulyukaev cometeu o crime contemplado no ponto 6 do artigo 290 do Código Penal da Rússia, ou seja, recebeu propina no exercício de um cargo público”, afirma a sentença da juíza Larisa Semiunova.

O veredicto provou que o ex-ministro exigiu, em outubro de 2016, o recebimento desta propina ao presidente da Rosneft, Igor Sechin.