Ex-ministro romeno tenta suicídio após ser condenado

Ex-primeiro-ministro teria disparado em sua garganta e está sendo operado neste momento num hospital de Bucareste

Bucareste – O ex-primeiro-ministro romeno Adrian Nastase tentou se suicidar após a justiça confirmar sua condenação a dois anos de prisão por corrupção.

Segundo a imprensa local, Nastase atirou em si mesmo quando a polícia entrou em sua residência para levá-lo para a prisão.

De acordo com as primeiras informações, o ex-primeiro-ministro teria disparado em sua garganta e está sendo operado neste momento num hospital de Bucareste.

Nastase não corre perigo de vida, afirmaram fontes médicas citadas pelos meios de comunicação romenos.

A condenação a dois anos de prisão de Nastase, primeiro-ministro entre 2000 e 2004, por financiamento ilegal de sua campanha eleitoral para as eleições presidenciais de 2004, foi confirmada hoje por um tribunal romeno.

Nastase é o primeiro chefe de Governo condenado à prisão nos 23 anos de democracia na Romênia, país marcado pela corrupção.

O caso do social-democrata Nastase, que está sendo processado desde 2009, tornou-se a principal bandeira da luta contra a corrupção realizada pelo presidente romeno, Traian Basescu.

O ex-primeiro-ministro, de 62 anos, afirma que é inocente e que está sendo vítima de perseguição política por parte de Basescu. Seu caso se transformou para a União Europeia (UE) num símbolo da luta da Romênia contra a corrupção nos altos escalões.

A tentativa de suicídio de Nastase pode agravar o conflito entre Basescu e o primeiro-ministro social-democrata, Victor Ponta, que é seguidor de Nastase e que acusa o presidente de utilizar a justiça romena contra seus adversários.

Ponta visitou Nastase e apesar de não ter comentado a decisão da justiça, perguntou se o ‘presidente Basescu se sente feliz’ neste momento.