Ex-diretor do FMI, Rodrigo Rato, comparece à justiça

Ele será ouvido em uma sessão de acusação contra o Bankia, banco do qual foi presidente

Madri – O ex-diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) e ex-presidente do Bankia, Rodrigo Rato, chegou nesta quinta-feira à Audiência Nacional onde teria que comparecer ante o juiz encarregado da condução de uma acusação contra o banco, símbolo na Espanha dos excessos da bolha imobiliária.

Rodrigo Rato chegou em um automóvel escuro ante a porta do tribunal e entrou discretamente no edifício enquanto dezenas de manifestantes perguntavam “onde está nosso dinheiro?”.