Ex-assessor de Trump, Stone diz que é inocente de acusações no caso Rússia

Consultor político é acusado de obstrução à Justiça, manipulação de testemunhas e declarações falsas em eleições de 2016

Washington- Ex-assessor do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Roger Stone se declarou nesta segunda-feira inocente das acusações de obstrução à Justiça, manipulação de testemunhas e declarações falsas dentro das investigações sobre a interferência da Rússia nas eleições presidenciais de 2016.

Preso na última sexta-feira em Fort Lauderdale, na Flórida, o consultor político republicano foi ouvido nesta terça-feira durante uma audiência no tribunal do Distrito de Columbia, em Washington.

A juíza encarregada do caso determinou que Stone compareça mais uma vez ao tribunal do Distrito de Columbia na tarde da próxima sexta-feira.