Ex-advogado de Trump prestará depoimento ao Congresso dos EUA

Cohen foi sentenciado em dezembro a três anos de prisão por seu papel em fazer pagamentos ilegais a uma mulher para ajudar a campanha de Trump

Washington – O ex-advogado do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Michael Cohen prestará depoimento ao Congresso do país no dia 7 de fevereiro, de acordo com comunicado divulgado nesta quinta-feira pelo advogado e com um cronograma do comitê de supervisão da Câmara dos Deputados dos EUA.

Cohen disse em um comunicado que aceitou um convite do presidente democrata do comitê, o deputado Elijah Cummings, para aparecer publicamente diante do Comitê de Supervisão e Reforma do Governo.

“Estou ansioso para… dar um relato completo e crível dos eventos que ocorreram”, disse Cohen no comunicado.

Cohen foi sentenciado em dezembro a três anos de prisão por seu papel em fazer pagamentos ilegais a uma mulher para ajudar a campanha de Trump à Presidência dos EUA em 2016 e por mentir ao Congresso sobre a proposta de um projeto para construir uma Trump Tower na Rússia.

Cohen, que se descreve como a pessoa que resolvia as coisas para Trump, se declarou culpado da acusação sobre financiamento de campanha em agosto e de fazer falsas declarações em novembro.