Evo Morales propõe um ‘tribunal dos povos’ para julgar Obama

Presidente boliviano propôs nas Nações Unidas a criação de um tribunal para julgar o líder americano por "crimes de lesa-humanidade"

Nações Unidas – O presidente da Bolívia, Evo Morales, propôs nesta quarta-feira nas Nações Unidas a criação de um “tribunal dos povos” para julgar o líder americano, Barack Obama, por “crimes de lesa-humanidade”.

“Já que estamos aqui debatendo sobre a vida e a humanidade, quero sugerir-lhes um tribunal dos povos para começar um processo contra o governo de Obama”, disse Morales durante seu discurso no plenário da Assembleia Geral da ONU.

Morales assegurou durante seu discurso que, entre outros motivos, seria preciso julgar o presidente Obama “pelos bombardeios dos Estados Unidos na Líbia”, e se perguntou “de quem é agora o petróleo da Líbia”.

O líder boliviano lembrou que Obama lhe impressionou quando chegou à Casa Branca após sua vitória nas eleições de 2008 porque disse que acabaria com as guerras, “mas agora vemos todo o contrário”.

“Vem de uma família discriminada como eu, me chamou a atenção, mas agora vemos todo o contrário. Talvez a isso se deva o prêmio Nobel da Paz, mas talvez deveriam dar-lhe o prêmio Nobel da Guerra”, criticou Morales. EFE