Euro: “a situação se estabiliza” na Europa, segundo Sarkozy

Déficit público da França em 2011 deve ser melhor que o previsto

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, afirmou neste domingo, durante uma intervenção na TV, que a situação relacionada à crise do euro “acalma” e “se estabiliza”, considerando que “a Europa não está mais à beira do abismo”.

Acrescentou que o déficit público da França em 2011 deve ser melhor que o previsto, chegando a 5,4% do Produto Interno Bruto (PIB) ou talvez a 5,3%, contra os 5,7% estimados até agora.

“Os elementos para a estabilidade da situação financeira mundial e da Europa se apresentam”, declarou ele numa entrevista concedida neste domingo a um pool de canais de televisão franceses.

Nicolas Sarkozy deve anunciar várias medidas que vão marcar o final de seu mandato, antes da eleição presidencial na França, nos dias 22 de abril e 6 de maio próximos.