EUA transferem dois detentos de Guantánamo ao Sudão

O governo dos Estados Unidos anunciou à noite a transferência de dois detentos sudaneses da prisão de Guantánamo para seu país

Washington – O governo dos Estados Unidos anunciou na quarta-feira à noite a transferência de dois detentos sudaneses da prisão de Guantánamo para seu país, na segunda transferência esta semana.

Noor Uthman Muhammed, de 51 anos, e Ibrahim Othman Ibrahim Idris, de 52, estavam entre os últimos prisioneiros sudaneses de Guantánamo, segundo um funcionário do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Ambos eram considerados pelo exército americano integrantes da rede Al Qaeda e foram enviados a Guantánamo em 2002.

“O governo dos Estados Unidos coordenou com o governo do Sudão as medidas de segurança adequadas e para assegurar que estas transferências estão de acordo com nossa política em termos de respeito à dignidade humana”, afirma um comunicado do Pentágono, antes de mencionar que 158 pessoas permanecem detidas em Guantánamo.

Esta foi a segunda transferência anunciada esta semana, como parte da promessa do presidente americano Barack Obama de fechar a prisão, 12 anos depois da abertura do local na base naval americana ao sudeste da ilha de Cuba.

Na segunda-feira, o Pentágono anunciou a transferência de dois prisioneiros sauditas.