EUA realizam novo ataque aéreo no Iraque

Os EUA começaram há uma semana a executar bombardeios seletivos na região após o avanço do EI no norte do país

Washington – Os Estados Unidos continuaram neste sábado os bombardeios seletivos no Iraque contra os jihadistas do Estado Islâmico (EI) perto da capital curda de Erbil e da represa de Mossul, informou o Pentágono.

Os ataques foram feitos ‘sob a autoridade de apoiar os esforços humanitários no Iraque, assim como para proteger o pessoal e as instalações americanas’, segundo o Comando Central em comunicado.

A represa de Mossul é das principais reservas estratégicas de água do Iraque, com uma capacidade de vários milhões de metros cúbicos, fica a 23 quilômetros a sudoeste da cidade de Dohuk, na região do Curdistão, e é uma das instalações estratégicas mais importantes do Iraque.

Os nove ataques realizados destruíram ou causaram danos em quatro veículos blindados para o transporte de pessoas, sete veículos armados, dois Humvees (veículos projetados para a guerra no deserto) e um veículo encouraçado.

A incursão foi realizada com aviões tripulados e não tripulados, segundo especificou o Comando Central, e todos os aparelhos saíram imunes.

Os EUA começaram há uma semana a executar bombardeios seletivos na região após o avanço do EI no norte do país e a tomada de várias cidades por parte dos jihadistas.