EUA negam participação em tentativa de golpe na Turquia

Um ministro turco havia afirmado que os Estados Unidos estavam por trás da tentativa de golpe de estado

O embaixador dos Estados Unidos reiterou que seu país não teve nenhum papel no golpe de Estado fracassado na Turquia, sem esconder sua exasperação pelas insistentes acusações contra Washington, informou a imprensa neste sábado.

John Bass explicou estar “profundamente incomodado e ofendido pelas acusações contra seu país” desde o fracassado golpe de Estado do dia 15 de julho.

“Só quero dizer de novo, como já fiz e como Washington já fez, que o governo americano não planejou nem dirigiu nem teve conhecimento prévio de nenhuma das atividades ilegais que ocorreram na noite do dia 15, ponto”, enfatizou.

Um ministro turco havia afirmado que os Estados Unidos estavam por trás da tentativa de golpe de estado, enquanto que o ex-chefe do Estado-Maior acusou a CIA de ter dirigido a manobra.

O golpe de Estado é atribuído por Ancara ao clérigo Fethullah Gülen, que se encontra exilado nos Estados Unidos.