EUA incluem empresas de fachada de iranianos em lista negra

A resolução destaca que 37 empresas integram a "Execução da Ordem do Imã Khomeini"

Washington – O governo dos Estados Unidos identificou e adicionou à sua lista negra, nesta terça-feira, o que definiu como a “maior rede de empresas de fachada” que beneficia o governo iraniano.

A resolução destaca que 37 empresas que integram a “Execução da Ordem do Imã Khomeini” desviam fundos de empresas estatais para altos funcionários e atuam para contornar as sanções internacionais ao regime iraniano.

O Tesouro americano identificou a rede com o objetivo de aplicar sanções a partir de uma ordem executiva que permita congelar qualquer ativo do governo do Irã nos EUA.