EUA impõem sanções contra financiador e representantes do Hezbollah

Autoridades americanas ligam as atividades dos sancionados diretamente às do chefe do grupo que estava na lista negra dos EUA e de várias nações do Golfo

Washington – O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos impôs sanções contra um importante financiador do Hezbollah e representantes do grupo no Irã, citando o que o departamento descreve como ligações para um anel de tráfico de drogas e contratos de venda de petróleo à Gâmbia como canais multimilionários de financiamento para a milícia libanesa designada pelos EUA como uma organização terrorista.

A designação de Mohammad Ibrahim Bazzi como um dos principais financistas do Hezbollah e de Abdallah Safi-Al-Din como representante do grupo em Teerã é parte de uma campanha mais ampla dos EUA para atacar o Irã e marginalizar seus representantes regionais, ameaçando os interesses de aliados dos EUA no Oriente Médio.

Autoridades americanas ligam as atividades dos dois diretamente às do chefe do Hezbollah, Hasan Nasrallah, que estava na lista negra dos EUA e de várias nações do Golfo na quarta-feira pelo papel como comandante supremo das operações militares e de segurança do grupo em todo o mundo. Washington sustenta que o chefe do Hezbollah está ciente de todas as operações de financiamento, incluindo as executadas por Safi-Al-Din, que é primo de Nasrallah e Bazzi, um associado do líder do grupo. Fonte: Dow Jones Newswires.