EUA e Japão: acordo de defesa inclui disputadas ilhas Senkaku

Os líderes asseguraram que "se opõem a qualquer ação unilateral que afete a administração do Japão nessas ilhas" - em uma referência direta a Pequim

Durante seu encontro com o premiê japonês, Shinzo Abe, nesta sexta-feira (10), o presidente americano, Donald Trump, ofereceu ao Japão garantias de que o acordo mútuo de defesa cobre as disputadas ilhas Senkaku, reivindicadas pela China, que as chama de Diaoyus.

Após repetidos questionamentos sobre os acordos de defesa, Trump assinou uma declaração conjunta com Shinzo Abe, na qual são reafirmadas as garantias de segurança fornecidas pelo Estados Unidos.

Os líderes asseguraram que “se opõem a qualquer ação unilateral que afete a administração do Japão nessas ilhas” – em uma referência direta a Pequim.

A China alertou os Estados Unidos de estarem contribuindo para a instabilidade na Ásia, depois que o secretário americano da Defesa, James Mattis, prometeu apoiar o Japão em confrontos militares sobre as ilhas.

Envolvida em uma ampla disputa com inúmeros países do Sudeste Asiático nas ilhas do Mar da China Meridional, Pequim acusou Washington de criar problemas na região.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Juliano Arm-lock

    Essas ilhas vão servir de estopim no futuro para uma eventual guerra.