EUA crescem mais do que o previsto no segundo trimestre

Segundo o Departamento de Comércio, o PIB americano apresenta crescimento revisado de 3,3%, contra os 2,8% divulgados inicialmente

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu mais do que o divulgado anteriormente no segundo trimestre. O Departamento de Comércio americano afirmou, nesta quarta-feira (29/9), que a taxa revisada indica que o PIB avançou 3,3% no período, contra os 2,8% publicados inicialmente. A porcentagem também ficou acima dos 3% projetados pelo mercado.

Conforme o americano The Wall Street Journal, a queda nos dados revistos de importação foi o que mais ajudou a elevar a taxa revisada. Pela metodologia americana, a importação de produtos que não recebem nenhum tipo de beneficiamento nos EUA é subtraída do valor do PIB. O Departamento de Comércio informou que o aumento das importações foi de 12,6%, pelos dados revisados no segundo trimestre, contra a estimativa inicial de 14,1%. Já as exportações foram melhores do que se imaginava, com alta de 7,3%, contra os 6,1% da divulgação inicial.

O consumo doméstico também foi mais forte do que o previsto. Na divulgação preliminar, seu crescimento era de 2,1%, contra os 2,5% anunciados hoje. Apesar disso, o desempenho ficou abaixo da expansão do primeiro trimestre, que marcou 3,3%, em taxas anuais.