EUA continuam sendo principal força da coalizão na Líbia

Pentágono afirma que, mesmo com a liderança da Otan, militares americanos conduzem a coalizão contra Kadafi

Washington – Os Estados Unidos continuavam sendo, neste sábado e domingo, o principal executor dos ataques aéreos na Líbia entre os países da coalizão internacional, apesar de a Otan ter assumido o comando das operações, segundo o Pentágono.

Das 167 missões realizadas entre as 19H30 GMT de sábado e 15H00 GMT de domingo, mais da metade, concretamente 97, foram com aviões americanos, segundo o Departamento de Defesa americano.

Esta cifra é um pouco inferior aos 62% das operações com aparelhos americanos desde que começaram os ataques em 19 de março.