EUA ameaçam China com sanções por não boicotar Coreia do Norte

Secretário do Tesouro dos Estados Unido disse que buscará novas sanções financeiras caso a China não cumpra com as medidas contra a Coreia do Norte

Washington – O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse nesta terça-feira que, se a China não seguir as sanções das Nações Unidas aprovadas contra a Coreia do Norte, ele buscará novas sanções financeiras contra Pequim para cortar o acesso ao sistema financeiro dos EUA.

Mnuchin disse em uma conferência transmitida pela CNBC que a China concordou com sanções “históricas” contra a Coreia do Norte na segunda-feira em uma votação no Conselho de Segurança da ONU.

“Se a China não seguir essas sanções, colocaremos sanções adicionais sobre ela e vamos impedir que ela acesse os sistemas norte-americano e internacional de dólares, e isso é bastante significativo”, disse Mnuchin.