Estrelas do esporte se unem a campanha contra ebola

Grandes atletas e ex-atletas de todo o mundo, como Usain Bolt, integram campanha para arrecadar fundos destinados à luta contra o vírus

Grandes atletas e ex-atletas de todo o mundo, entre eles o velocista jamaicano Usain Bolt, o ex-velocista e ex-saltador americano Carl Lewis, o saltador ucraniano Serguei Bubka e a esquiadora sueca Pernilla Wiberg se integraram a uma campanha realizada pela Associação Mundial de Atletas Olímpicos (WOA) para arrecadar fundos destinados à luta contra o ebola.

O ex-velocista Francis Dove Edwin, de Serra Leoa, membro de uma comissão presidencial de seu país destinada a frear a propagação da doença, apelou à WOA para colaborar na arrecadação de fundos, de forma coordenada com outras associações, como a Oxfam, que atua em mais de 100 países em prol de diversas causas, entre elas a pobreza.

Dono de seis medalhas de ouro olímpicas, Bolt doou um par tênis autografado para que sejam leiloados.

Por sua vez, a associação pediu aos 100 mil integrantes da comunidade olímpica para contribuírem nas redes sociais, usando a hashtag “#TargetEbola” para divulgar o link para receber doações, o “www.targetebola.org/donate“.

“Todos juntos podemos fazer a diferença”, destacou Edwin ao anunciar a campanha.