Estádio mudará de nome em homenagem a Cristina Kirchner

O estádio do Club Crucero del Norte passará a chamar-se Cristina Kirchner a partir do próximo dia 27 de junho em homenagem à presidente do país

Buenos Aires – O estádio do Club Crucero del Norte, fundado em 1989 e que atua na segunda divisão do futebol argentino, passará a chamar-se Cristina Kirchner a partir do próximo dia 27 de junho em homenagem à presidente do país.

A mudança de nome é uma iniciativa do chefe de governo do município de Posadas, cidade próxima ao estádio, Orlando Franco, e do governador da província de Misiones, Maurice Closs, informou nesta terça-feira a imprensa local.

No dia 27 de junho, data fixada para a mudança de nome do estádio, será disputado um amistoso entre o Libertad do Paraguai e o Crucero del Norte, e para a ocasião já está confirmada a presença do presidente do Paraguai, Horacio Cartes, e de representantes do governo argentino.

O complexo esportivo do clube, no entanto, seguirá chamando-se Andrés Guacurarí, em homenagem a um herói indígena da região, nome que até agora tinha também o campo de futebol, inaugurado em 2003 e com capacidade para 12 mil espectadores.

Em 2010 foi apresentado um projeto de lei para mudar o nome do estádio Único de La Plata, na cidade de mesmo nome, para Néstor Kirchner, marido de Cristina e ex-presidente argentino falecido nesse mesmo ano, mas a ideia não foi aprovada.