Equipes continuam buscas por sobreviventes de terremoto

Últimos números das autoridades chinesas confirmam 381 mortes, milhares de feridos e mais de 40.000 casas danificadas ou totalmente destruídas

Pequim – As equipes de socorro da China continuam as buscas por sobreviventes após o terremoto de 6,1 graus na escala Richter, ocorrido no domingo (3), nas regiões montanhosas do Sudoeste do país e que provocou a morte de mais de 380 pessoas.

O terremoto ocorreu às 16h30 (horário local), no nordeste da província de Yunnan. O epicentro foi registrado a uma profundidade de aproximadamente dez quilômetros, segundo o instituto geofísico norte-americano (USGS).

Os últimos números das autoridades chinesas confirmam 381 mortes, milhares de feridos e mais de 40.000 casas danificadas ou totalmente destruídas.

Mais de 7.000 pessoas, incluindo 5.000 soldados, estão trabalhando nas operações de busca e salvamento.