Equador já tem 50 pessoas com zika vírus, sendo 2 grávidas

A província de Manabí é a que registra mais casos de indivíduos com o vírus, com 18 no total, apenas um deles importado

Quito – Ao todo, 50 pessoas (26 homens e 24 mulheres), duas delas grávidas, foram diagnosticadas com o vírus do zika no Equador, conforme um relatório do Ministério da Saúde, que detalhou que 16 desses casos são de cidadãos que viajaram ao exterior.

A província de Manabí é a que registra mais casos de indivíduos com o vírus. São 18 no total, um deles importado.

Das duas grávidas que foram diagnosticadas com a doença, uma é de Galápagos e está com 17 semanas de gestação, e a outra é da província de Los Ríos e está com 27 semanas.

O Ministério da Saúde afirmou que elas “estão sendo acompanhadas de perto para detectar possíveis complicações”.

Os 12 casos confirmados na capital do país, Quito, são de pessoas que viajaram à Colômbia.

De acordo com o órgão, dos 50 casos, 39 foram confirmados em laboratório e 11 foram considerados positivos para o vírus por nexo epidemiológico (presumidos).