Enchentes deixam pelo menos 147 mortos em Mianmar

Região central do país é a mais afetada; 1500 pessoas estão desabrigadas

Bangcoc – Pelo menos 147 pessoas morreram por causa das enchentes que desde quarta-feira passada atingem a região central de Mianmar, informou nesta sexta-feira a imprensa local.

A maior parte das vítimas era de moradores da cidade de Pakokku e aldeias vizinhas. Segundo o jornal ‘Seven Days News’, as fortes enchentes destruíram dezenas de casas e um mosteiro situado às margens do rio Ayeyarwady.

Aproximadamente 1.500 pessoas que perderam suas casas estão alojadas em sete abrigos montados pelas autoridades a cerca de 30 quilômetros da cidade de Pagan, um dos principais destinos do turismo do país.

As chuvas de monção costumam provocar enchentes em Mianmar quase todos os anos.