Empresas entregam documentos para Licitações da ANP

Até o momento quatro empresas foram habilitadas a participar do leilão de áreas exploratórias: OGX, Shell , Queiroz Galvão Exploração e Produção e Repsol Sinopec

Rio de Janeiro – Cerca de 60 empresas apresentaram a documentação exigida pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), Gás Natural e Biocombustíveis para participar da 11a Rodada de Licitações, informou a reguladora nesta terça-feira.

O prazo para a entrega de documentos vence nesta terça-feira.

Até o momento quatro empresas foram habilitadas a participar do leilão de áreas exploratórias: OGX, Shell , Queiroz Galvão Exploração e Produção e Repsol Sinopec, informou a agência no Diário Oficial da União nesta terça-feira.

Todas essas empresas foram habilitadas a participar como operador A, capacitadas a fazer ofertas por blocos exploratórios em terra e em mar.

As empresas atenderam aos pré-requisitos da reguladora, entre os quais o pagamento de uma taxa de participação e a apresentação do comprovante de regularidade fiscal e trabalhista.

“Portanto, cumpriram todas as etapas do processo de habilitação e estão aptas a apresentar ofertas para a 11ª Rodada de Licitações”, diz a agência.

Uma ata publicada pela agência descreve que a superintendente da Superintendência de Promoção de Licitações, Claudia Rabelo, alertou para o envio de documentação com “muitas não conformidades”, sem, por exemplo, documentação correta de representantes legais das empresas interessadas.

A rodada agendada para maio marcará a retomada dos leilões de áreas de petróleo, que não são realizadas no país desde 2008.

A ANP adicionou 117 blocos aos 172 que já estavam previstos na rodada. Ao todo, serão ofertados 289 blocos em 23 setores, cobrindo 155,8 mil quilômetros quadrados, distribuídos em 11 bacias sedimentares.