Empresário italiano financia restauração do Coliseu

Proprietário da marca de sapatos "Tod's" dará € 25 milhões para o projeto

Roma – A restauração do Coliseu de Roma, o monumento mais célebre da capital italiana, será financiada pelo empresário italiano Diego Della Valle, proprietário da famosa marca de sapatos Tod’s, que entrará com 25 milhões de euros (33 milhões de dólares), informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

As autoridades da capital junto ao ministério da Cultura consideram prioridade a restauração de um dos locais mais visitados do mundo e exemplo da imponente arquitetura, realizada durante o império romano.

O projeto estará a cargo do comissário para a áreas arqueológicas de Roma e Ostia Antigua, Roberto Cecchi.

“Termina um pesadelo”, admitiu o prefeito da capital, Gianni Alemanno, agradecendo ao empresário “o grande presente dado à Itália”.

O Coliseu fica às portas do Foro Romano, que era o coração da cidade, há mais de dois mil anos.

A região conta com importantes ruínas de edifícios públicos, monumentos sagrados, palácios senhoriais, o célebre Senado e os chamados foros imperiais.

Segundo a lenda, Romulo e Remo, amamentados por uma loba, fundaram a Cidade Eterna em 21 de abril do ano 753 antes de Cristo.