Embraer diz que vai ajudar nas investigações da queda de avião no México

Aeronave, que estava com 103 pessoas a bordo, caiu por volta das 18 horas, logo após decolar do Aeroporto Internacional de Guadalupe Victoria

São Paulo – A fabricante brasileira de aviões Embraer disse que está pronta para ajudar as autoridades a investigar a queda de um de seus aviões no México na terça-feira.

Em comunicado na noite de terça-feira, a Embraer disse que uma equipe de seus técnicos foi enviada para o local do acidente no Estado de Durango, no norte do país.

A aeronave, operada pela Aeroméxico, que estava praticamente lotado com 103 pessoas a bordo, incluindo duas crianças e quatro tripulantes, caiu por volta das 18 horas (horário de Brasília), logo após decolar do Aeroporto Internacional de Guadalupe Victoria, na cidade de Durango, com destino à Cidade do México.

Passageiros e tripulantes saíram em segurança antes que o avião fosse engolido pelas chamas. Segundo as autoridades, ninguém morreu no acidente e quase ninguém ficou gravemente ferido.