Diplomata argentina rejeita convite para funeral de Thatcher

Ninguém comparecerá à missa representando a Argentina, que continua reivindicando a soberania das Ilhas Malvinas sob domínio britânico desde 1833

Londres – A embaixadora da Argentina no Reino Unido, Alicia Castro, declinou o convite para comparecer, nesta quarta-feira, ao funeral de Margaret Thatcher, primeira-ministra britânica durante a Guerra das Malvinas, em 1982, anunciou nesta terça-feira Downing Street.

Um porta-voz do gabinete do primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse que ninguém comparecerá à missa representando a Argentina, que 31 anos depois do conflito bélico, continua reivindicando por vias diplomáticas a soberania do arquipélago sob domínio britânico desde 1833.

A embaixada argentina em Londres não estava no momento disponível para comentar esta informação.

Ao anunciar na semana passada a lista de convidados para a cerimônia, Downing Street indicou explicitamente que a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, não estava convidada, ao contrário de sua embaixadora no Reino Unido, Alicia Castro.

O chanceler argentino Héctor Timerman desdenhou da falta do convite.