Em visita à escola no Harlem, papa cita Martin Luther King

O papa recordou Martin Luther King durante visita a escola no Harlem, onde se encontrou com crianças e famílias imigrantes

Nova York – O papa Francisco recordou nesta sexta-feira o Prêmio Nobel da Paz Martin Luther King durante sua visita à Escola Nossa Senhora Rainha dos Anjos, no bairro do Harlem, onde se encontrou com crianças e famílias imigrantes.

“Ele disse um dia: ‘eu tenho um sonho’. Ele sonhou que muitas crianças, muitas pessoas, podiam ter igualdade de oportunidades. Ele sonhou que muitas crianças, como vocês, teriam acesso à educação. É lindo ter sonhos e poder lutar por eles”, disse o pontífice aos alunos.

Essa é a segunda alusão do papa ao histórico líder americano, depois da citação feita durante o discurso no Congresso reunido em sessão conjunta na quarta-feira, em Washington.

Francisco disse que “é belo” quando encontramos novos amigos, pois “encontramos pessoas que nos abrem as portas e mostram a sua ternura, a sua amizade, a sua compreensão, e procuram ajudar para que não nos sintamos estranhos”.

A escola, que tem 280 alunos com idades entre 5 e 14 anos, recebe filhos de famílias de baixa renda, a maioria de países latinos, África e Oriente Médio. O colégio faz parte de uma rede de seis instituições no Harlem e no Bronx, onde, dos 2.100 alunos, mais de 500 não falam inglês.