Em um lapso durante discurso, Netanyahu dá Ariel Sharon por morto

Premiê israelense percebeu seu erro imediatamente e se desculpou, não sem antes desejar uma longa vida a Sharon

Jerusalém – Em um lapso no meio de um discurso, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, deu por morto seu antigo companheiro de fileiras e rival político no partido Likud, Ariel Sharon, em coma profundo desde 2006.

O deslize ocorreu nesta segunda-feira, quando Netanyahu tomou a palavra em um encontro realizado por uma filha do ministro do Interior, Eli Yishai, por ocasião de seu casamento, conta hoje o diário “Yedioth Ahronoth”.

Em um momento de seu discurso, o primeiro-ministro israelense disse que o único líder nos últimos 50 anos que tinha reformado o mercado da habitação era “Ariel Sharon, que descanse em paz”.

Netanayhu percebeu seu erro imediatamente e se desculpou, não sem antes desejar uma longa vida a Sharon, que o precedeu no cargo entre 2001 e 2006.