ELS diz que cumprirá trégua mas protegerá manifestações

O número dois da milícia rebelde, Malek Kurdi, disse à Agência Efe que "as condições do regime (para o cessar-fogo) coincidem com as nossas"

Cairo – O Exército Livre Sírio (ELS) se comprometeu nesta quinta-feira a cumprir a “frágil” trégua temporária que deverá entrar em vigor amanhã por ocasião da Festa do Sacrifício, embora tenha alertado que atuará para proteger manifestações pacíficas contra o regime da Síria.

O número dois da milícia rebelde, Malek Kurdi, disse à Agência Efe que “as condições do regime (para o cessar-fogo) coincidem com as nossas”, mas criticou ao mesmo tempo a falta de supervisão internacional para vigiar o cumprimento da trégua.