Elizabeth II participa pela 1ª vez de conselho de ministros

A rainha chegou às 10h à residência oficial do primeiro-ministro David Cameron para participar da reunião como observadora

Londres – A rainha Elizabeth II se converteu nesta terça-feira na primeira monarca britânica em mais de um século a participar de um conselho de ministros, uma situação propiciada pela celebração de seu Jubileu de Diamante.

A rainha, de 86 anos, chegou pouco depois das 10h00 locais (8h00 de Brasília) à residência oficial do primeiro-ministro David Cameron, situada no número 10 de Downing Street, vestindo um casaco azul real, para participar da reunião como observadora.

Depois de saudar todos os ministros e secretários de Estado, a soberana ocupou seu lugar na grande mesa ovalada entre Cameron, que se sentou a sua direita, e o ministro das Relações Exteriores, William Hague, a sua esquerda.

Historicamente, os monarcas presidiam o conselho de ministros, mas a última a participar de uma reunião foi a rainha Victoria, tataravó de Elizabeth II, que reinou entre 1819 e sua morte, em 1901.

As reuniões do conselho de ministros duram cerca de uma hora e meia, mas estava previsto que a monarca permanecesse por cerca de 30 minutos, durante os quais receberia um presente para marcar seus 60 anos no trono da Inglaterra.

Elizabeth II, que ao longo de seu reinado conheceu 12 primeiros-ministros britânicos, visitou Downing Street várias vezes, a última em julho passado para um almoço oferecido em sua homenagem também por seu 60º aniversário de ascensão ao trono.

Embora seja oficialmente a chefe de Estado britânica, o papel da soberana é eminentemente formal e cerimonial, e embora receba semanalmente o primeiro-ministro em audiência, permanece neutra nos assuntos políticos.