Eleições na Itália são marcadas para 4 de março de 2018

A decisão do governo veio após o presidente do país, Sergio Mattarella, anunciar a dissolução do Parlamento

Roma, 28 dez (EFE).- As próximas eleições gerais na Itália serão realizadas em 4 de março de 2018, conforme decisão do governo após o presidente do país, Sergio Mattarella, anunciar a dissolução do Parlamento, informou a imprensa local.

Previamente, em um comunicado oficial, a Presidência da República informou que Mattarella havia assinado o decreto de dissolução do Senado e da Câmara e que este foi, por sua vez, também avalizado pelo primeiro-ministro, Paolo Gentiloni.