EI foi “quase” expulso de cidade Síria, diz entidade

Forças apoiadas pelos EUA que tentavam expulsar militantes do Estado Islâmico da cidade síria de Manbij assumiram o "controle quase completo" da localidade

Beirute – Forças apoiadas pelos Estados Unidos que tentavam expulsar militantes do Estado Islâmico da cidade síria de Manbij assumiram o “controle quase completo” da localidade neste sábado, disse o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

As Forças Democráticas da Síria (SDF, na sigla em inglês), que incluem as poderosas milícias curdas Unidades de Proteção Popular (YPG, na sigla em inglês) e combatentes árabes, iniciaram uma campanha dois meses atrás com apoio de forças especiais dos EUA para repelir o Estado Islâmico de um último trecho da fronteira entre a Síria e a Turquia.

Sharfan Darwish, porta-voz oficial do conselho militar de Manbij, que é aliado do SDF, disse à Reuters que as batalhas continuam, mas que cerca de 90 por cento da cidade já está livre do Estado Islâmico.

Bolsões de militantes ainda estão presentes no centro, disse o Observatório, sediado no Reino Unido.