EI diz que atentados foram retaliação a ataques franceses

O presidente francês, François Hollande, considerou os ataques um "ato de guerra"

Paris – O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelos ataques terroristas que mataram 127 pessoas em Paris, dizendo que foi uma retaliação aos ataques aéreos franceses à Síria e ao Iraque, em uma declaração publicada em redes sociais. A autenticidade da declaração do grupo não pôde ser confirmada até o momento.

A França é um membro da coalizão liderada pelos Estados Unidos que tem como alvo unidades do Estado Islâmico no Iraque.

Neste sábado, o presidente francês, François Hollande, considerou os ataques um “ato de guerra” e atribuiu a autoria ao grupo.

Fonte: Dow Jones Newswires.