Duplo atentado contra quartel mata 6 pessoas no Iêmen

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque através da sua agência de notícias "Amaq"

Sana – Pelo menos seis pessoas morreram e 43 ficaram feridas neste sábado em um duplo atentado feito por dois terroristas suicidas com carros-bomba contra um quartel das forças de combate ao terrorismo em Áden, sede provisória do governo no sul do Iêmen.

Médicos de dois hospitais da cidade disseram à Agência Efe que entre os mortos estão quatro civis, incluindo uma criança, e dois militares.

Testemunhas relataram que os terroristas conduziram os dois veículos carregados de explosivos através do acesso principal do quartel, localizado na parte sul da cidade. O primeiro carro explodiu logo na entrada do complexo e o segundo foi detonado pouco depois de entrar no local.

Fontes de segurança, por sua vez, informaram que cinco homens armados tentaram invadir o quartel após a detonação dos veículos, mas foram repelidos e abatidos por soldados, que também tinham disparado contra os veículos dinamitados.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque através da sua agência de notícias “Amaq” e afirmou que “duas operações de martírio foram feitas na sede da luta antiterrorista”.

Esta não é a primeira vez que o EI ataca forças de segurança e militares iemenitas, que também enfrentam rebeldes houthis, que controlam a capital, Sana, e algumas províncias do norte e do oeste do país, e disputam o poder com o governo do presidente Abdrabuh Mansour Hadi.