DSK processará revistas por fotos com nova namorada

O advogado do político afirmou que considera a publicação das imagens um "atentado contra a vida privada"

Paris – O ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI) Dominique Strauss-Kahn deve processar várias revistas que publicaram fotos dele ao lado da nova namorada poucas semanas depois de ter oficializado a separação da jornalista Anne Sinclair, informaram nesta segunda-feira os meios de comunicação franceses.

O advogado do político afirmou que considera a publicação das imagens um “atentado contra a vida privada” e disse que as revistas “VSD”, “Closer” e “Voici” estão “comercializando a vida alheia”.

As revistas publicaram fotos de Strauss-Kahn de mãos dadas com uma mulher de cerca de 40 anos, identificada como Myriam e que dizem ser sua nova namorada.

O ex-diretor do FMI, de 63 anos, teve que deixar o cargo em maio de 2011 após ser acusado por uma empregada do hotel Sofitel de Nova York de agressão sexual, sendo obrigado a ficar detido durante vários dias.

A promotoria americana retirou a denúncia pelas incoerências da acusação, mas o político tem outros casos pendentes na França, onde é processado por supostas ligações com redes de prostituição.