Drone mata especialista em foguetes do Estado Islâmico

Ataque aéreo norte-americano matou especialista do grupo terrorista. Ação foi realizada por um drone no norte do Iraque

Bagdá – Um ataque aéreo realizado pelos Estados Unidos matou um especialista em foguetes do Estado Islâmico que estava envolvido em uma ação que matou um soldado norte-americano e deixou outros oito feridos, informou o Exército dos EUA neste domingo.

O ataque aéreo foi realizado com um drone, perto da cidade de Makhmour, no norte do país, e matou Jasim Khadijah, ex-oficial militar iraquiano. Khadijah foi um dos responsáveis pelo ataque de 19 de março que matou o sargento Louis Cardin, disse o porta-voz Steve Warren, das forças dos EUA no Iraque. Outros cinco militantes morreram no ataque.

No mês passado, um foguete do Estado Islâmico atingiu Cardin. Não estava ainda claro que papel Khadijah teria tido nesse ataque.

O Exército iraquiano trabalha agora para retomar a província de Nínive do Estado Islâmico, inclusive a cidade de Mossul, uma importante base do grupo extremista. Ao mesmo tempo, continuam os confrontos com os militantes na província de Anbar, que faz limite com Bagdá. Fonte: Dow Jones Newswires.