Drone destrói base de militantes iraquianos

Em nota, Comando Central dos EUA afirma que alvo era posto de controle do qual estavam sendo disparados tiros contra membros das forças de segurança curdas

Washington – Oficiais do Exército dos EUA informaram nesta terça-feira que um drone norte-americano atacou e destruiu uma base militar do Estado Islâmico (antigo Estado Islâmico do Iraque e do Levante) no norte do Iraque.

O Comando Central dos Estados Unidos publicou nota em que afirma que o alvo do ataque era um posto de controle do qual estavam sendo disparados tiros contra membros das forças de segurança curdas.

Segundo a declaração, os soldados curdos tentavam defender civis que se retiravam da área de Sinjar.

Também nesta terça-feira, o porta-voz do Exército do Iraque, tenente-general Qassim al-Moussawi, afirmou que um helicóptero iraquiano caiu nas proximidades da montanha de Sinjar ao tentar entregar suprimentos para refugiados da minoria Yazidi.

Segundo al-Moussawi, o helicóptero era de fabricação russa, mas ele não deu mais detalhes do acidente.

Milhares de iraquianos de etnias minoritárias fugiram de suas casas e se abrigaram nas montanhas do norte do Iraque após uma invasão dos militantes do Estado Islâmico.

Os refugiados estão vivendo sem comida ou água.

O Exército do Iraque, os EUA e seus aliados têm enviado recursos para ajudar essas pessoas. Fonte: Associated Press.