Doze pessoas são mortas em bordel de Bagdá

O ataque ocorreu no distrito de Zayouna, onde as lojas que vendiam álcool tinham sido alvos na semana passada de ataques

Bagdá – Homens armados mataram nesta quarta-feira 12 pessoas, sete mulheres e cinco homens, em um bordel no leste de Bagdá, indicaram fontes médicas.

Um funcionário do ministério do Interior informou à AFP sob condição de anonimato que os homens invadiram o estabelecimento e mataram 12 pessoas no início da tarde.

O ataque ocorreu no distrito de Zayouna, onde as lojas que vendiam álcool tinham sido alvos na semana passada de ataques que mataram 12 pessoas.

A prostituição e o álcool são proibidos pelo Islã.

Zayouna é um bairro nobre de Bagdá, onde sunitas e xiitas coabitam. Nos últimos anos, muitos bordeis abriram devido à relativa calma que prevalece.

Este novo ato de violência soma-se a onda de violência desde o início do ano e aos temores de um retorno ao conflito religioso.

Quase 400 pessoas morreram em ataques desde 1º de maio, de acordo com um balanço contabilizado pela AFP com base em dados fornecidos por fontes da segurança e médicas.