Doze mortos em atentado suicida contra mesquita em Camarões

O atentado teve como alvo a mesquita da localidade de Kouyape, perto da fronteira com a Nigéria

Doze pessoas morreram nesta quarta-feira em um atentado suicida contra uma mesquita na região norte de Camarões, uma região que é cenário frequente de ataques dos islamitas nigerianos do grupo Boko Haram, informaram fontes das forças de segurança.

O atentado teve como alvo a mesquita da localidade de Kouyape, perto da fronteira com a Nigéria.

Os fieis muçulmanos de Kouyape estavam congregados na pequena mesquita do povoado quando o suicida se infiltrou e detonou os explosivos em plena oração, segundo fontes da segurança.

“O homem-bomba rezou com os fieis antes de se explodir. O imã está entre as vítimas”, acrescentou.

Na véspera, sete civis morreram em um atentado suicida em Kolofata, no extremo norte de Camarões, onde o grupo jihadista nigeriano Boko Haram é muito ativo, informaram fontes locais.

Desde julho, o extremo norte de Camarões se viu abalado por uma série de atentados atribuídos aos islamitas nigerianos, que, no entanto, nunca reivindicam as ações.

Desde o fim de novembro, o exército camaronês realiza operações na região para enfraquecer os jihadistas nigerianos, que continuam sendo muito ativos em uma área que vai do nordeste da Nigéria, seu reduto, ao extremo norte de Camarões.

Texto atualizado às 10h03.