Doze corpos decapitados encontrados em carros no México

O policial, que pediu para não ser identificado, informou que a descobeta foi feita após uma ligação anônima

Guadalajara – Foram encontrados na manhã desta quarta-feira doze corpos decapitados e desmembrados em dois veículos abandonados na estrada para Guadalajara, a segunda mais importante cidade do México, informou a polícia.

“Encontramos quatro cadáveres em um carro de turismo e ao menos oito em um outro veículo. Todos estavam decapitados e desmembrados”, disse por telefone à France-Presse um funcionário da polícia de Ixtlahuacan, local da descoberta macabra, a cerca de 25 km de Guadalajara, capital do estado mexicano de Jalisco, no oeste do país.

O policial, que pediu para não ser identificado, informou que a descobeta foi feita após uma ligação anônima. Mensagens, deixadas provavelmente pelo crime organizado, foram encontradas nos corpos, mas seu conteúdo não foi revelado. Os dois veículos haviam sido roubados.

No dia 24 de novembro, 26 cadáveres foram encontrados em três veículos no centro de Guadalajara, cidade de 4,4 milhões de habitantes. Mensagens no local deram a entender que o crime foi uma vingança do grupo de criminosos Los Zetas contra outro cartel do narcotráfico, o de Sinaloa, liderado por Joaquin “El Chapo” Guzma, o traficante de drogas mais procurado do México.

A violência ligada ao tráfico de drogas já causou mais de 50.000 mortes do México desde dezembro de 2006, data da chegada ao poder do presidente Felipe Calderon, que deu início a uma ofensiva militar contra os traficantes. Entre os mortos, foram contabilizados vítimas de confrontos entre cartéis e em operações militares.