Donald Trump quer “salvar a Escócia das monstruosas eólicas”

Magnata, que se opõe à instalação de uma usina eólica próximo ao seu campo de golfe, escreveu uma carta, revoltado, para o premiê escocês Alex Salmond - que rebateu

São Paulo – O bilionário americano Donald Trump está em pé de guerra com os projetos de energia eólica off-shore previstos para a costa escocesa. Revoltado, o magnata chegou a escrever uma carta para o primeiro-ministro Alex Salmond, referindo-se a ele como alguém “determinado a destruir o litoral da Escócia”, segundo o jornal The Guardian.

Toda essa aversão, no entanto, parece surgir de um interesse particular. Há quase um ano, Trump vem declarando de forma pública sua oposição ao projeto de instalação de uma usina eólica off-shore na cidade de Aberdeen, próximo ao luxuoso resort de golfe que está construindo na região. De acordo com a reportagem, a Marinha da Escócia recebeu no verão passado um pedido de licenciamento para a construção de um parque eólico composto de 11 turbinas no Mar do Norte, que banha a cidade. A decisão sobre a liberação deve sair este ano.

Segundo o jornal, Donald Trump alega que o projeto terá um grande impacto ambiental e  “enfeiará”  a vista privilegiada para o mar que se tem do campo de golfe. O magnata não mediu palavras na carta que enviou à Salmond, destacando que as eólicas “barulhentas” podem prejudicar o turismo. “Com a instalação irresponsável desses monstros, você vai causar mais danos para a Escócia do que praticamente qualquer evento na história do país”, diz em um trecho, ressaltando que está disposto a mobilizar recursos milionários para lançar uma campanha internacional contra os planos do governo de “cercar a costa com turbinas eólicas”. Por fim, acrescentou: “Por favor, entendam que eu estou fazendo isso para salvar a Escócia.”

Durante entrevista à imprensa nesta quinta, o primeiro-ministro Alex Salmond rebateu sem papas na língua as acusações de Trump. “Quem é Donald Trump para dizer o que é bom ou não para a economia da Escócia e nosso meio ambiente?”, disse. “A energia dos ventos já está atraindo bilhões de libras de investimento e gera centenas de empregos em todo o país, inclusive na cidade natal de sua mãe, Stornoway”.

A carta de Trump também rendeu críticas sarcásticas do líder do Partido Democrático Liberal, Willie Rennie. “Primeiro o Sr. Trump acusa a Escócia de ser a chacota do mundo”, disse Rennie, “mas agora é a Escócia que está rindo dele”.