Dois soldados da ONU são baleados perto de Damasco

Os soldados, um ferido no braço e outro no ombro, foram atendidos por um médico que viajava com eles e o comboio chegou pouco depois ao aeroporto

Viena – Dois soldados austríacos da força da ONU no Golã foram baleados na quinta-feira quando seu comboio se dirigia ao aeroporto de Damasco para retornar ao seu país, anunciou o ministério da Defesa austríaco.

Os soldados, um ferido no braço e outro no ombro, foram atendidos por um médico que viajava com eles e o comboio chegou pouco depois ao aeroporto.

A rede de televisão síria atribuiu os tiros aos rebeldes.

A ONU confirmou a agressão sem se pronunciar sobre sua autoria.