Dois sobrinhos do vice-presidente sírio são detidos

Outros cinco opositores favoráveis a uma mudança democrática na Síria também foram presos em Damasco

Beirute – Dois sobrinhos do vice-presidente sírio Faruk al-Shara e outros cinco opositores favoráveis a uma mudança democrática na Síria foram detidos recentemente em Damasco pelos serviços de inteligência militares, anunciou uma ONG nesta quinta-feira.

“O professor universitário Zaydun Zohbi, de 38 anos, e seu irmão Suhaib, sobrinhos-netos de Faruk al-Shara, e cinco de seus amigos, que militam a favor de uma mudança pacífica na Síria, foram detidos no dia 15 de dezembro em um café por membros dos serviços de inteligência militar”, afirmou um comunicado do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Esta organização, que trabalha com uma importante rede de ativistas e de médicos na Síria, pede sua libertação imediata e a de “todos os prisioneiros civis e militares”.

Al-Shara expressou nesta semana suas divergências com Bashar al-Assad e defendeu uma solução negociada, em vez da opção militar defendida pelo presidente sírio para esmagar a rebelião armada.

Segundo o Centro de Documentação sobre as Violações na Síria, próximo à oposição, quase 35 mil pessoas estão detidas nas prisões do regime sírio.