Dois passageiros são retirados de voo em aeroporto de Boston

Não se sabe se a remoção dos passageiros tem ligação com a investigação sobre as explosões, que deixaram três mortos e dezenas de feridos

São Paulo – Dois passageiros e suas malas foram retirados de um voo da United Airlines antes da decolagem no aeroporto Logan, em Boston, nesta terça-feira, disse uma fonte com conhecimento direto da ação, um dia após duas bombas explodirem na linha de chegada da Maratona de Boston.

Não se sabe se a remoção dos passageiros tem ligação com a investigação sobre as explosões, que deixaram três mortos e dezenas de feridos. As identidades dos dois passageiros não foram divulgadas.

“Eu posso dizer que dois passageiros e suas malas foram retirados do voo”, disse a fonte, que pediu para não ser identificada.

O voo 636 da United Airlines saindo do Aeroporto Internacional Logan estava programado para partir às 07h04 (horário de Brasília), em direção ao Aeroporto Internacional O’Hare, em Chicago, mas foi atrasado por cerca de três horas, de acordo com o site da companhia aérea.

De acordo com a porta-voz da United Airlines Christen David, a tripulação pediu que os passageiros e suas malas fossem examinados novamente antes da partida.

A aeronave foi vasculhada e liberada para decolar sem os dois passageiros, disse a fonte.