Dois homens são resgatados em mina na Indonésia

Eles passaram 11 dias presos na mina ilegal de ouro

Jacarta – As equipes de emergência da Indonésia recuperaram dois trabalhadores que ficaram 11 dias presos em uma mina ilegal de ouro na ilha de Java, informaram nesta quarta-feira a imprensa local.

Em 9 de maio, um acidente na jazida situada em Malasari, próxima da cidade de Bogor, deixou seis pessoas que trabalhavam de forma ilegal presas na mina de propriedade da empresa estatal Aneka Tambang e que se encontrava abandonada.

Os serviços de resgate foram até a mina depois de receberem denúncias sobre o desaparecimento dos mineiros por parte da família das vítimas.

Na segunda-feira, a brigada de emergência achou o corpo de um mineiro e conseguiu resgatar três pessoas.

O porta-voz da polícia de Bogor, Asep Safrudin, declarou que as autoridades advertiram em várias ocasiões os locais onde não devem ser realizadas atividades mineiras na jazida por conta do risco de acidentes.

O resgate dos dois mineiros coincide com outro acidente, na província indonésia de Papua, no qual morreram 28 mineiros após ficarem presos no interior de uma jazida explorada pela companhia americana Freeport.

O presidente da Indonésia, Susilo Bambang Yudhoyono, anunciou que serão realizadas inspeções em todas as minas do país a fim de comprovar se cumprem a legislação em matéria de segurança.